Fandom

Seiya Universe

Yuzuriha de Grou

867pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share
Yuzuriha
Grou
YuzuLCAnime
Dados gerais
Classe Amazona de Atena
Categoria Amazona de Prata
Constelação Grou
Dados básicos
Idade 17 anos
Gênero Feminino
Terra-natal Tibete
Dados de treinamento
Local Jamir
Mestre Hakurei de Altar
Dados de anime e mangá
Estreia Capítulo 12 / Episódio 3 *
Seiyuu* Sanae Kobayashi

Yuzuriha é a Amazona de Prata da Constelação de Grou no Século XVIII. Treinada na misteriosa Jamir, acaba se tornando amiga e companheira de jornada de Tenma de Pégaso e Yato de Unicórnio.

Características

Aparência

Informação pendente.

Personalidade

Informação pendente.

Histórico

Passado

Yuzuriha nasceu e cresceu com sua família no Tibete, na região do Himalaia. Ela foi treinada em Jamir, na mesma região em que nasceu, por Hakurei de Altar, ao lado de seu irmão Tokusa e de Shion. Os três compartilhavam o sonho de se tornar Cavaleiros de Atena, que Shion eventualmente realizou se tornando o Cavaleiro de Ouro de Áries.

Certo dia, durante o treinamento, a mãe de Yuzuriha ofereceu a ela a encharpe que usara durante seu casamento; Yuzuriha preferiu não aceitar usá-la, explicando que não precisaria dela como uma guerreira. Tokusa conversou com a irmã sobre isso, comentando que achava que a peça combinava com ela; por fim, ele acabou se rendendo aos argumentos de Yuzuriha, afirmando que se tornaria o homem da casa e Yuzuriha, uma guerreira poderosa que protegeria Jamir.

No entanto, a família de Yuzuriha sofreu um acidente; a notícia era de que Tokusa e os pais de ambos morreram ao cair de um vale enquanto rumavam para a aldeia ao pé da montanha. Ao retornar a Jamir, Shion encontrou-se com Yuzuriha perto de um penhasco, onde a moça observava o jhator (funeral tibetano em que o corpo do falecido é cortado em partes específicas e exposto no topo de uma montanha para ser comido pelos pássaros; segundo alguns, simbolicamente as aves levam a alma do morto para os céus consigo) de seus pais. Yuzuriha confirmou para Shion que o funeral era apenas de seus pais, uma vez que os restos de Tokusa não foram encontrados, podendo ter caído mais profundamente no vale.

Yuzuriha contou a Shion que pretendia se casar para perpetuar o sangue de sua família, desistindo de seu sonho de lutar como Amazona para aceitar a função que acreditava lhe caber após a morte de seus pais e de seu irmão. Sugerindo a Shion que não se atrasasse se pretendia se encontrar com Hakurei, Yuzuriha partiu, dizendo que ainda precisava terminar de se despedir de seus pais. Mais tarde, ela retornou para casa, sonhando com o dia em que recusara a encharpe de sua mãe e das palavras de Tokusa.

O devaneio de Yuzuriha foi interrompido com a inesperada chegada de Tokusa, bastante ferido. A moça demonstrou susto e alívio ao ver o irmão vivo, e ele pediu desculpas por tê-la preocupado. Em seguida, pediu desculpas outra vez, desferindo um ataque que destruiu a casa; nesse momento, Shion chegou guiando-se por um cosmo maligno que sentira, e Yuzuriha afirmou que se tratava de seu próprio irmão, agora vestido em uma Sobrepeliz. Tokusa explicou que ouviu a voz de um mensageiro de Hades depois de cair do vale, oferecendo-lhe um posto entre os Espectros, de modo que ele não teria mais que temer a morte, em troca de uma prova de lealdade: tirar as vidas de seus entes queridos. Yuzuriha reagiu com horror ao perceber que o próprio Tokusa tinha desferido o golpe fatal contra seus pais, ao que Tokusa lembrou-lhe que só havia mais uma oferta que ele podia fazer a Hades: a vida de sua querida irmã.

Imediatamente, Tokusa atacou com seu Sekishiki Nyoireirin, e Shion lançou-se para proteger Yuzuriha, recebendo todo o impacto do golpe. Para surpresa de Tokusa, seu braço foi enlaçado pelo que ele percebeu ser a encharpe que Yuzuriha não aceitara tempos atrás. A moça então afirmou que precisava lutar, porque esse era a vida que escolhera, e também em nome do sangue de sua linhagem, pelo brasão da família e por seus pais, mesmo que isso significasse enfrentar aquele que tinha o mesmo sangue que ela. Shion, de pé outra vez, pediu a Yuzuriha que não seguisse em frente enfrentando seu próprio irmão. Shion e Tokusa combateram até que Shion, lamentando-se pelo caminho dos três ter que se separar, finalizou a luta com seu Stardust Revolution, dizendo que, como o mais velho dos três discípulos, era seu dever cuidar dos demais, e a única maneira de fazer isso por Tokusa no momento seria permitir que ele descansasse em paz em sua terra natal.

Yuzuriha caminhou até seu irmão caído e segurou sua mão. Tokusa, aparentemente de volta a sua natureza gentil, comentou que a irmã acabaria suja com o sangue dele se continuasse tão perto; ela respondeu que algo assim não importava para uma guerreira e ele concordou com um sorriso, morrendo em seguida. Desculpando-se com Shion por ainda não ser uma guerreira forte a ponto de permanecer firme, Yuzuriha abraçou o cadáver do irmão e chorou por sua morte. Eventualmente, Yuzuriha gravou o brasão da família em seu corpo usando o sangue de Tokusa e retomou seu treinamento, reafirmando seu sonho de se tornar uma guerreira.

Resgate do Pégaso

Alguns anos depois, Yuzuriha foi enviada por seu mestre Hakurei para a Itália, a fim de procurar o Cavaleiro de Pégaso, presente no ataque de Alone à cidade em que nasceu. Ao chegar no local da batalha, descobriu que Yato de Unicórnio também estava vivo, observando enquanto ele recuperava o corpo de Tenma de Pégaso dos destroços. Inicialmente, Yuzuriha foi confundida com um Espectro pelo Cavaleiro de Bronze, que a atacou assim que a viu. Ela contra-atacou com facilidade, e em seguida ordenou que Yato escondesse seu cosmo para não ser encontrado pelos Espectros, apresentando-se e por fim explicando a razão de estar ali. Diante da desconfiança de Yato, Yuzuriha apresentou-se e repartiu a informação de Hakurei de que Pégaso não estava definitivamente morto.

Yuzuriha ordenou que Yato apanhasse Tenma e a seguisse; assim que ele o fez, ela teleportou os três para Jamir. Yato mais uma vez acreditou ter sido enganado por uma inimiga ao ver as Armaduras destruídas na Torre de Jamir e deduzir que seus donos haviam sido mortos, e atacou Yuzuriha novamente; ela esquivou-se facilmente dos golpes, e o Cavaleiro de Unicórnio foi derrubado por Hakurei. Yuzuriha respeitosamente ajoelhou-se e avisou a Yato para não ser rude na presença de Hakurei, permanecendo em silêncio durante a conversa entre os dois.

YuzuBloodCloth

Yuzuriha doa seu sangue para o conserto da Armadura

Depois de explicar que também lutava por Atena, Hakurei decidiu consertar a Armadura de Unicórnio usando o sangue de Yuzuriha - que, apesar de não ter uma Armadura, tinha o mesmo poder de um Cavaleiro de Prata. Sem dizer uma palavra, a discípula cedeu seu sangue para que o mestre pudesse reparar a Armadura de bronze; apesar da quantidade de sangue perdida, ela levantou-se logo em seguida, sem qualquer problema.

Hakurei confirmou suas suspeitas de que Tenma estava vivo, chamando atenção para as flores da pulseira que, apesar de apanhadas muitos anos atrás, pareciam recém-colhidas. A pulseira, imbuída do cosmo de Atena, mantinha a alma de Tenma ligada ao corpo; no entanto, agora que seu poder estava sendo usado, a pulseira murcharia flor por flor, e quando morresse completamente, Tenma também morreria.

Depois de confiar a Yato o resgate de Tenma, entregar a ele a espada que o manteria vivo no domínio dos mortos e enviá-lo a Yomotsu Hirasaka com sua técnica Sekishiki Meikai Ha, Hakurei revelou a Yuzuriha que havia mais uma missão a ser cumprida, a qual seria de vital importância para o Santuário: encontrar a lendária árvore Mokurenji, colher seus frutos e levá-los para Jamir. Yuzuriha dirigu-se, então, para Yomotsu Hirasaka, a fim de ajudar a resgatar Tenma e contar com a ajuda de Pégaso e Yato na segunda tarefa, como presumivelmente sugerido por Hakurei.

Yuzuriha surgiu em Yomotsu Hirasaka pouco depois de Yato; diante da surpresa do rapaz, ela explicou que fora mandada por seu mestre para protegê-lo e garantir o bom andamento da tarefa. Yato protestou afirmando que é o homem quem deve proteger a mulher, mas Yuzuriha o ignorou. Avistando uma estranha construção à distância, os dois rumaram para ela. Acabaram por adentrá-la pelas janelas localizadas no alto, observando Tenma de cima.

YuzuSkeleton

Yuzuriha e Marchino

Yato sugeriu que eles agissem antes que Fyodor de Mandrágora, que mantinha Tenma prisioneiro, voltasse, mas eles foram atacados por Marchino e caíram na sala abaixo. Enquanto o adversário se ocupava em atacar Yato, Yuzuriha enlaçou-o com sua encharpe e matou-o quebrando seu pescoço com uma joelhada, para espanto de ambos os Cavaleiros de Bronze testemunhando a cena.

Frutos da Mokurenji

Histórico incompleto.

Habilidades

YuzuTeleport

Teleporte

  • Teleporte: Yuzuriha demonstrou a capacidade de se transportar de forma instantânea entre imensas distâncias, como fez para viajar de Jamir à Itália num piscar de olhos e retornar na mesma velocidade. Ela também mostrou ser capaz de teleportar consigo qualquer pessoa razoavelmente próxima que desejar, como fez ao levar Yato e Tenma consigo para Jamir.
  • Uso do Sekishiki: Como discípula de Hakurei de Altar, Yuzuriha parece ter recebido algum treinamento a respeito do uso do Sekishiki, a técnica mística associada à Constelação de Câncer. Embora não tenha executado nenhum dos golpes secretos baseados em tal doutrina, Yuzuriha foi capaz de utilizar sua técnica de manter a vida, a consciência e a liberdade dentro dos domínios de Hades sem precisar do Oitavo Sentido ou de artefatos abençoados por um cosmo divino.

Golpes secretos

KenbuShousenKyakuLCA Kenbu Shosenkyaku
絢舞裳閃脚(けんぶしょうせんきゃく)Kenbu Shōsenkyaku
Idioma Japonês
Significado Dança Magnífica dos Chutes Velozes (BR)
Estreia The Lost Canvas - Capítulo 57 / Episódio 15
Yuzuriha utiliza sua psicocinese para controlar seu cachecol e emaranhar o oponente. Depois, a Amazona de Prata desfere um poderoso chute contra o adversário imobilizado — ou, como o nome da técnica sugere, uma grande sucessão de chutes que, devido a sua imensa velocidade, são imperceptíveis para o observador.
(BR) - indica o nome da técnica na adaptação brasileira, caso essa apresente diferenças notáveis do significado original

Combates

Informação pendente.

Armadura

Yuzuriha é portadora da Armadura de Prata que representa a Constelação de Grou (Grus).

Origem

Grou é uma das 12 constelações criadas pelo astrônomo holandês Petrus Plancius, a partir das observações do céu realizadas pelos exploradores Pieter Dirkszoon Keyser e Frederick de Houtman, e apresentada pela primeira vez em 1597. É atualmente considerada uma das 88 constelações modernas. É uma constelação que pode ser vista no Hemisfério Sul da Terra (Austral), e está próxima das constelações de Peixe Austral, Microscópio, Índio, Tucano, Fênix e Escultor.

Simbolismo

A constelação não possui significado mitológico. A constelação de Grou, assim como as outras constelações criadas por Plancius, representa um animal que era considerado exótico para a época, listado em livros de história natural e anotações de exploradores marítimos. Grous são aves com pernas e pescoços longos, vagamente similares à uma garça ou a um flamingo. Inclusive, a constelação foi conhecida por muito tempo como Flamingo (Phoenicopterus), mas essa denominação não está mais em uso.

Características da Armadura

Informação pendente.

Citações

Informação pendente.

Mitologia, alusões e curiosidades

Informação pendente.

Dados oficiais

Galeria

Informação pendente.

Bibliografia

Artigos relacionados

Links externos

Referências

Informação pendente.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.